08.05.2021: “COVID-19 e doenças endócrinas e metabólicas. Uma declaração atualizada da Sociedade Europeia de Endocrinologia” – “recomendamos que conceder níveis adequados de vitamina D na população em geral, mas  principalmente em pessoas de alto risco (idosos com diabetes e obesidade), seja uma boa prática clínica. A suplementação com vitamina D de idosos comórbidos com alto risco de COVID-19 coexistente e hipovitaminose D é sugerida” | SpringerLink

Dr. Cícero Galli Coimbra, MD, PhD, Professor Livre - Docente - CREMESP 55714

“(…) recomendamos que conceder níveis adequados de vitamina D na população em geral, mas principalmente em pessoas de alto risco (idosos com diabetes e obesidade), seja uma boa prática clínica. A suplementação com vitamina D de idosos comórbidos com alto risco de COVID-19 coexistente e hipovitaminose D é sugerida”

(…)

“A hipovitaminose D pode expor a um alto risco de COVID-19 e doença grave, uma vez que foi relatado que predispõe a infecções sistêmicas que prejudicam as respostas imunológicas [ 72 ] com o papel preventivo potencial da suplementação de vitamina D em relação a infecções respiratórias [ 73 ]. O papel específico da vitamina D em COVID-19 pode ser devido à regulação negativa de ACE2 e sua capacidade de neutralizar a característica de tempestade de citocinas em casos COVID-19 graves, modulando citocinas pró-inflamatórias e regulando a diferenciação de células T em fenótipo Th2 [ 74 ].

Baixos níveis de…

Ver o post original 200 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: