27.10.2020: Evidências sobre vitamina D e risco de COVID-19 e sua gravidade * A vitamina D reduz a produção de citocinas inflamatórias – | VitaminDWiki

Dr. Cícero Galli Coimbra, MD, PhD, Professor Livre - Docente - CREMESP 55714

(…)

“A vitamina D reduz a produção de citocinas inflamatórias

“A inflamação elevada é um fator de risco importante para COVID-19 [16]. Por exemplo, grande parte da patogênese em torno da infecção por COVID-19 envolve lesão microvascular induzida por hipercitocinemia, ou seja, por uma importante citocina inflamatória – interleucina 6 (IL-6) [74,75]. Portanto, é útil examinar o papel da vitamina D na redução da inflamação.

“Uma série de revisões sugeriu que uma das marcas da gravidade do COVID-19 é a presença de uma “tempestade de citocinas” [76-79]. A “tempestade de citocinas” é definida como o estado de liberação fora de controle de uma variedade de citocinas inflamatórias [79]. Estudos observacionais, no entanto, descobriram que as concentrações de citocinas são elevadas em pacientes com COVID-19 em comparação com os controles, mas não tão altas como em algumas outras doenças.

Um estudo na Holanda comparou os níveis de citocinas em pacientes gravemente…

Ver o post original 732 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: