Vitamina D como marcador de agravamento da evolução da pneumonia | Sociedade Respiratória Europeia

Dr. Cícero Galli Coimbra, MD, PhD, Professor Livre - Docente - CREMESP 55714

“Resultados da Pesquisa e Discussão:

“O nível médio de 25- (OH) D em pacientes com infecção pulmonar foi de 18,63 ± 5,73, no grupo de comparação (sem patologia broncopulmonar) – 27,47 ± 3,65ng / ml (p <0,001). Em 66% dos pacientes, a deficiência de vitamina D foi detectada, em 24% da ingestão insuficiente, em 10% o teor ideal de vitamina D. Além disso, em pacientes com doenças infecciosas graves, a deficiência de vitamina D ocorreu em 88% dos casos (p = 0,001 )Foi encontrada relação entre o nível de vitamina D e a etiologia da doença (r = -0,54, p = 0,0002). Portanto, os pacientes com infecção pulmonar bacteriana tinham uma deficiência mais pronunciada de vitamina D, em comparação com a pneumonia de etiologia viral. Estudamos o nível de vitamina D em pacientes com resultado fatal causado por pneumonia. Todos os mortos tinham uma deficiência extrema de vitamina D de…

Ver o post original 63 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: