Prevalência de obesidade e hipovitaminose D em idosos com síndrome respiratória aguda grave coronavírus 2 (SARS-CoV-2) – Nutrição Clínica ESPEN

Dr. Cícero Galli Coimbra, MD, PhD, Professor Livre - Docente - CREMESP 55714

“Conclusão

A hipovitaminose D e a obesidade em idosos têm alta prevalência em pacientes gravemente enfermos em UTI infectados pelo novo coronavírus. A investigação laboratorial da vitamina D torna-se importante, especialmente em pacientes idosos obesos.”

Fonte: Prevalência de obesidade e hipovitaminose D em idosos com síndrome respiratória aguda grave coronavírus 2 (SARS-CoV-2) – Nutrição Clínica ESPEN

Ver o post original

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: