29.09.2020 – “A deficiência de vitamina D está associada ao aumento da gravidade de COVID-19: a triagem prospectiva de grupos em risco é clinicamente indicada” * “Vitamin D Deficiency is Associated with Increased COVID-19 Severity: Prospective Screening of At-Risk Groups is Medically Indicated” | Research Square

Dr. Cícero Galli Coimbra, MD, PhD, Professor Livre - Docente - CREMESP 55714

“As ações não clássicas da vitamina D estão envolvidas na regulação do sistema imunológico, incluindo um papel na mitigação da inflamação excessiva. Nossa hipótese é que a deficiência de vitamina D existente antes da infecção por SARS-CoV-2 poderia contribuir para que os pacientes desenvolvessem comprometimento pulmonar grave como resultado de hiperinflamação disfuncional. As concentrações séricas de vitamina D de pacientes que apresentaram manifestações graves de COVID-19 que necessitaram de cuidados na UTI em qualquer momento de sua hospitalização foram comparadas às concentrações séricas de vitamina D de pacientes que obtiveram alta sem a necessidade de qualquer cuidado na UTI. Ter vitamina D sérica <20 ng / mL foi significativamente associado ao aumento da gravidade de COVID-19, p = 0,001. Presume-se que grupos populacionais que sabem ter baixo teor de vitamina D no soro devam ser examinados prospectivamente para deficiência e, se encontrados, tratados de emergência. Tal ação poderia diminuir…

Ver o post original 50 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: