“Relações entre hiperinsulinemia, magnésio, vitamina D, trombose e COVID-19: justificativa para o manejo clínico” * “Relationships between hyperinsulinaemia, magnesium, Relationships between hyperinsulinaemia, magnesium, vitamin D, thrombosis and COVID-19: rationale for clinical management” – BMJ Journals

Dr. Cícero Galli Coimbra, MD, PhD, Professor Livre - Docente - CREMESP 55714

“Conclusão

Com base na ciência subjacente, pacientes com COVID-19 admitidos com hiperglicemia e / ou hiperinsulinemia devem ser teoricamente triados para um algoritmo de gerenciamento de carboidratos restrito, enteral ou parenteral. O grau de restrição e o nível a ser determinado por testes seriados de glicose no sangue, insulina e cetonas. As soluções intravenosas contendo dextrose devem ser limitadas sempre que possível. Além disso, devem ser administrados suplementos de vitamina D, magnésio e zinco.”

(…)

LEIA EM:

Fonte: Relações entre hiperinsulinemia, magnésio, vitamina D, trombose e COVID-19: justificativa para o manejo clínico | Coração aberto

Ver o post original

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: