App apoia a redispensação de medicamentos na Grécia

Cláudia V. Viegas

A Grécia há décadas enfrenta uma crise econômica e humanitária, que associa altas taxas de desemprego à chegada massiva de imigrantes. São 2,3 milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza no país.

As Nações Unidas estimam que, em todo o mundo, um terço da população não conseguem comprar medicamentos básicos.

As novas gerações gregas estão enfrentando de cabeça erguida o problema da deterioração das condições de vida no país e encontrando soluções para ajudar pessoas sem condições de comprar o básico.

O engenheiro Thanasis Vratimos, com quem conversei em setembro deste ano, criou, há quase dez anos, um serviço voluntário, chamado Givmed, que alivia o problema do acesso a medicamentos para a população grega. Funciona de forma semelhante às farmácias solidárias. Porém, não recebe medicamentos expirados.

Nos últimos anos, o Givmed aperfeiçoou sua atuação. Vratimos criou um app que possibilita a qualquer cidadão grego cadastrar os medicamentos…

Ver o post original 292 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: